programa espião para pc gratis + serial Como rastrear App para localizar un celular por gps Ispyoo whatsapp download Espiar celulares here here Mini camara espia milanuncios Aplicativo rastreamento correios android Rastrear Espiar whatsapp iphone app Programa para rastrear celular pelo numero Aobo mac os x keylogger serial Iphone review digital spy Aparelho de Mobile spy logs download Espiar celular this web page Rastreamento de Mini camera espia longo alcance Programas Rastreador de celulares gps gratis Como please click for source Como rastrear um celular roubado samsung galaxy y Spybubble como funciona Rastreador de Rastreamento de celular samsung pocket Iphone spy here Espiar celulares Spymaster pro contact number Como localizar Spybubble-gratis.com para Celular this web page Programa para espiar whatsapp yahoo Como rastrear click the following article read article Programa espiao pc em rede track and trace your mobile phone link телец гороскоп на завтра неделю
Prev Next
IRS 2016

Abril 2016 - Como Colaborar ? CONSIGNAÇÃO FISCAL DE 0,5% DO SEU IRS 2016 (sem quaisquer custos para si)     A Lei 16/2001 (artigo 32 nº4 e 6) regulamenta estes actos de solidariedade através da consignação do imposto já liquidado pelo cidadão contribuinte. A contribuição através da Declar...

LER MAIS ...
S. Francisco de Assis

S. Francisco de Assis 2015   S. Francisco de Assis segundo o Papa Francisco  

LER MAIS ...
S. Boaventura

S. Boaventura 2015   CONVITE - ENTRADA LIVRE Sarau cultural para celebrar São Boaventura com a Encíclica «Laudato si» do Papa Francisco   No próximo dia 15 de julho, dia de São Boaventura, padroeiro do Convento Franciscano de Montariol, às 21:30h, na igreja do convento, terá lugar um Sarau cu...

LER MAIS ...
FDF_SICAD

Fev 2015   Assinatura do Contrato de Convenção entre o SICAD e a Domus Fraternitas       No dia 6 de fevereiro, em Lisboa, teve lugar a assinatura do Contrato de Convenção entre o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) e a Domus Fraternitas – Fundação d...

LER MAIS ...
Dia Mundial do Doente 2015

DIA MUNDIAL DO DOENTE 2015   “O tempo gasto junto do doente é um tempo santo.”     CELEBRAÇÃO DO DIA MUNDIAL DO DOENTE 11 de fevereiro de 2015   PROGRAMA: 15H30 – Eucaristia 16H30 – Lanche   Esta Celebração é participada pelos doentes e pelos colaboradores deste Centro. A presenç...

LER MAIS ...
Dia Mundial dos Cuidados Paliativos

DIA MUNDIAL DOS CUIDADOS PALIATIVOS - 11 DE OUTUBRO 2014   No âmbito do Dia Mundial dos Cuidados Paliativos, que se assinala no dia 11 de outubro, sob o lema "Quem se preocupa em fazer chegar os cuidados paliativos a todos os que deles necessitam?", a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (...

LER MAIS ...
Novos Orgaos Sociais (news 11)

12 Outubro 2013   - TOMADA DE POSSE DOS NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA FUNDAÇÃO DOMUS FRATERNITAS -       No dia 12 de outubro de 2013, teve lugar a tomada de posse dos novos órgãos sociais da fundação Domus Fraternitas. A cerimónia foi presidida pelo presidente da Assembleia Geral, Frei Vítor Me...

LER MAIS ...
O Espírito que dá VIDA (news8)

22 Set 2012   - O ESPÍRITO QUE DÁ VIDA Disponibilizamos aqui a publicação online do livro intitulado "O Espírito que dá Vida". Este livro, que tem a particularidade de ser da autoria do nosso presidente Frei José Neves, fala-nos sobretudo de toda a história da Domus Fraternitas, desde a sua ori...

LER MAIS ...

ATALHOS RÁPIDOS

DomusFraternitas.jpg

CALENDÁRIO

«  Dezembro 2017  »
STQQSSD
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

COUNTER

APOIOS & PARCERIAS



PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

COMUNIDADE TERAPÊUTICA S. FRANCISCO DE ASSIS

 

 

REGULAMENTO INTERNO - Normas

 

A vida na comunidade assenta num conjunto de princípios humanos valorizados por S. Francisco de Assis: o cuidado com a educação, a amabilidade, a sinceridade, a confiança mútua, o controlo de si mesmo, a delicadeza, a cortesia, o sentido de humor, o espírito de partilha, o perdão, a aceitação recíproca, a capacidade de diálogo e de comunicação e a adesão sincera a uma benéfica disciplina comunitária.

 

 

Tarefas


- Todos os residentes estão sujeitos às tarefas necessárias para a manutenção e o bom funcionamento da casa;

Essas tarefas:

- Devem ser exercidas com empenho e dedicação;

- Visam o crescimento pessoal, individual e comunitário, de cada residente;

- Contribuem para a sua crescente responsabilidade;

- Têm por objetivo a limpeza integral e o asseio da casa, assim como as tarefas da cozinha, refeitório, copa, lavandaria e quintal;

- Devem ser cumpridas segundo a escala de serviço organizada pelos Auxiliares de Terapia e durante as mesmas não é permitido ouvir música;

- A Equipa Terapêutica pode aprovar outras tarefas fora da comunidade.

 

 

Visitas


As visitas dos responsáveis pelo internamento devem ter um sólido apoio À terapia de recuperação. Para isso, os visitantes devem:

- Marcar visita com o Técnico de Serviço Social;

- Ser recebidos pelo Técnico de Serviço Social, que estabelecerá o tempo de visita e informará sobre a situação clínica dos residentes;

- Procurar uma aproximação saudável e responsável com os residentes;

- Abster-se de dar aos residentes bebidas alcoólicas, dinheiro, estupefacientes e telemóveis (que só são permitidos na 2ª fase);

- Fazer a visita em dias úteis;

- Evitar que ocorram durante a visita situações graves, pois, se ocorrerem, a visita será imediatamente interrompida;

- Ser informados de que as visitas terão a seguinte periodicidade:

- A 1ª visita nos finais do 1º mês de internamento;

- A 2ª visita nos finais do 2º mês (sendo estas duas primeiras visitas efetuadas dentro dos espaços da Comunidade);

- as visitas seguintes, a partir do 2º mês e meio, poderão ser efetuadas de 15 em 15 dias e poderão ser fora dos espaços da Comunidade, por um período máximo de 2h, caso o residente obtenha nota de bom comportamento;

- Ter presente que as situações em que se pretende que o residente se desloque à família deverão ser comunicadas com antecedência ao Técnico de Serviço Social, para que possam ser avaliadas por toda a Equipa Terapêutica;

- Saber que quando o residente completar o 5º mês de internamento, este poderá ir À família durante 12h, caso esta reúna as condições julgadas necessárias e se responsabilizem por ele. Quando o residente completar 6 meses de internamento, poderá então visitar de novo a família durante 2 dias, caso a Equipa Terapêutica o considere conveniente e a família assuma a total responsabilidade;

- No dia do seu aniversário o residente tem direito a uma visita extra e um passeio devidamente acompanhado pela família ou responsável pelo tratamento durante o tempo que a equipa técnica achar conveniente;

- Poderá celebrar o aniversário de familiares fora da Comunidade, ou outros encontros familiares, sempre que a Equipa Terapêutica achar conveniente e por tempo determinado.

 

 

Momentos Celebrativos


- Dia de Todos os Santos (1 de Novembro): Os residentes poderão deslocar-se em celebração de homenagem aos seus familiares falecidos pelo tempo estabelecido pela Equipa Terapêutica, e acompanhados pelo responsável do tratamento;

- Dia de Natal (25 de Dezembro): Os residentes celebrarão a festa de Natal com os seus familiares desde o dia 23 à tarde até ao dia 25 à noite;

- Dia de Passagem de Ano (31 de Dezembro): O residente celebrará a passagem de ano em família, saindo no dia 31 de Dezembro até ao dia 1 de Janeiro à noite;

- Dia de Páscoa: Os residentes celebrarão a Páscoa de Jesus desde o dia de Sábado de Páscoa até ao Domingo de Páscoa à noite.

 

Notas:

- As entradas na comunidade deverão ser entre as 20h e as 23h;

- Os residentes devem sair e regressar sempre acompanhados pelos responsáveis de tratamento.

 

 

Telefonemas, Correspondência e Música


- Os residentes poderão receber uma chamada telefónica semanal, que não deverá exceder 10 minutos;

- Deve ser marcada pelo Técnico de Serviço Social e terá horário fixo;

- Todos os residentes poderão enviar ou receber correspondência postal;

- As cartas serão abertas pelo Auxiliar de Terapia na presença do residente, para evitar que entrem objetos proibidos;

- A música só poderá ser escutada nos tempos livres desde que não perturbe o ambiente comunitário e/ou ser proibida pelo Auxiliar de Terapia sempre que ela não permita a concentração da pessoa no seu tratamento.

 

 

Álcool, Drogas e Tabaco


O plano terapêutico da CT visa ajudar cada residente a viver abstinente de drogas, nesse sentido:

 

- O residente a quem for detetado consumo de drogas, álcool ou medicação não prescrita pelo médico será avaliado pela Equipa Terapêutica, sujeitando-se a ser expulso ou a cumprir a devida correção;

- O residente que introduzir e consumir na CT droga, álcool ou medicação não prescrita pelo médico será expulso;

- O residente deverá ser aconselhado e motivado a deixar de fumar tabaco ao longo do tratamento;

- A CT não permite que o residente fume mais do que 1 maço de tabaco por dia;

- A CT oferecerá o devido tratamento médico e medicação necessária aos residentes que derem provas evidentes que querem libertar-se dessa dependência, depois da primeira fase.

 


Medidas de Reconhecimento e Mérito

 

- O Diretor da CT deverá estabelecer uma entrevista pessoal com cada um dos residentes, quanto possível, de 15 em 15 dias, a fim de motivar e ajudar psíquica e moralmente a recuperar a sua dignidade humana e a preparar a sua inserção social confrontando com eles, através da ficha individual, a evolução da sua recuperação na CT;

- Todas as situações de esforço e de recuperação consideráveis devem ser manifestadas ao próprio e, sempre que for oportuno, reconhecidas publicamente por alguma gratificação ou sinal distintivo.

 

 

Medidas de Correção

 

- A CT apenas pode ajudar aqueles, e só aqueles, que desejam seriamente valorizar a sua vida e dignidade pessoais. Nesse sentido, sempre que se verifiquem casos ou situações gravosas contra o Regulamento Interno o residente será suspenso por tempo determinado ou intimado a abandonar a CT. De entre essas situações ou casos, mais ou menos graves, destacam-se os seguintes:

* A não aceitação, o desrespeito ou não cumprimento sistemático do Regulamento Interno;

* A falta de honestidade e comportamentos subversivos;

* A ausência indevida na CT;

* O desrespeito a algum membro da Direção, Equipa Técnica ou Funcionário;

* A não comparência às terapias estabelecidas;

* O uso de dinheiro ou telemóvel pelo residente durante a 1ª fase;

* A cedência de telemóvel ou dinheiro aos residentes da 1ª fase.

 

 

Caro "irmão residente", é com muita alegria e esperança que te acolhemos nesta "nossa" Comunidade. Que ela seja para ti o lema de Francisco de Assis: PAZ e BEM!

 

Aprovado pelo Conselho de Administração no dia 29 de Novembro de 2008

Aprovado pelo Conselho Geral no dia 29 de Novembro de 2008

 

 

 

 


 

 
snow byJsnowfall